segunda-feira, 30 de maio de 2011

Cristão é enterrado vivo, sobrevive e conta seu testemunho. Confira

Cristão é enterrado vivo, sobrevive e conta seu testemunho. Confira

O dia 17 de janeiro será uma vívida memória de Ali Moses, 46, durante muito tempo. O ataque quase fatal contra a vida de Ali se transformou em um testemunho poderoso, destinado a tocar muitas vidas.
Naquela tarde, Ali estava indo para casa após um longo dia de trabalho. Ele havia recebido seu salário e, como nos seus outros dias de pagamento, Ali tinha planejado algo muito especial para sua família.
Em seu caminho para casa, Ali ouviu tiros. O pânico fez com que ele voltasse para o seu local de trabalho o mais rápido possível. Mas, antes de chegar lá, ele se encontrou com um grupo de muçulmanos furiosos. Eles estavam declarando o nome de Alá em árabe, gritando frases profanas, insultando o governador cristão de Jos, Nigéria, e pedindo o extermínio dos cristãos.
Em segundos, Ali estava cercado pela multidão violenta. Ele levou muitos socos.
Mais de 18 horas depois, Ali acordou em um hospital. Seu corpo estava debilitado e coberto de ferimentos. O representante da Portas Abertas, Isaac, foi visitar Ali no hospital logo depois do incidente, para levar encorajamento e ajuda e para saber sobre a agressão sofrida. Considerando o curso dos acontecimentos, parece que os agressores enterraram Ali vivo enquanto ele estava inconsciente.
Ali se refere à pessoa que veio ao seu encontro para lhe ajudar como “samaritano”. Na manhã seguinte ao acidente, Ado estava caminhando e notou algo que parecia ser um túmulo recente. Ele percebeu um movimento no monte de areia e se aproximou para verificar o que era. Para sua surpresa, ele constatou que era uma pessoa. Imediatamente, ele pediu ajuda.
A polícia militar retirou Ali da cova e o levou para o hospital. No início, os médicos pensaram que seria muito difícil que ele ainda estivesse vivo após 18 horas de sofrimento. Mas o testemunho de Ali faz os mais céticos refletirem.
Após passar algum tempo no hospital, Ali se recuperou completamente.
“Eu sou muito grato a Deus por salvar minha vida naquele buraco. É um milagre. Deus me resgatou de uma maneira muito especial. Para a Portas Abertas, que Deus lhes abençoe abundantemente por sua ajuda. Ele irá recompensá-los poderosamente. Agora eu creio que o poder da vida e da morte está nas mãos do Senhor. Toda graça pertence a Ele”.

Shalom

PERDÃO

Quem é capaz de perdoar é capaz de dar a si mesmo a capacidade de ser feliz. A vida seria impossível na terra sem a prática do perdão. Vivemos o hoje porque Deus nos deu a capacidade de superar as mágoas de ontem e entender que elas não precisam existir em nosso amanhã. Não há um ser humano sobre a terra que não tenha se decepcionado, se magoado, se entristecido. A diferença é que alguns resolveram dar a si mesmos e aos outros a capacidade de começar novamente e agora sem o peso de ter que carregar tudo que já enfrentaram de ruim nesta vida. O verdadeiro Soldado da Paz entende que perdoar é colocar em prática o amor que todos nós temos em algum lugar de nossos corações. Perdoar é deixar o pássaro voar, é dar liberdade à criança para que ela brinque no final da tarde. Perdoar é poder enxergar o Sol se por hoje sem medo de que ele não nasça amanhã. Sim. Para quem perdoa e aceita gratuitamente o perdão sempre haverá a possibilidade de um novo dia – de um novo Sol. O Soldado da Paz que não é capaz de praticar o perdão, mesmo sem compreendê-lo em alguns momentos, ainda não está preparado para empunhar a Espada Sagrada.

Shalom

Diário de um Soldado: Sobre a solidão

Todo Soldado da Paz precisa de um tempo para si mesmo. Nestes dias, ele procura ficar só – não porque está se sentindo só - mas porque deseja compartilhar as suas alegrias apenas consigo mesmo. Parar um pouco, ouvir a voz do silêncio, respirar fundo e sentir-se parte da vida, saber que se está acompanhado mesmo que não esteja com ninguém por perto, molhar os pés em algum riacho e sentir o frio da água subir por sua alma, observar o mundo inteiro à sua volta de desejar abraçá-lo por completo, mas ao mesmo ser feliz em saber que nossos limites dizem que podemos amar a todos, mas abraçar – só um de cada vez! Quando o Soldado da Paz para pra ficar só, ele descobre o quanto é forte; e descobre que até é possível viver sozinho; mas também descobre o quanto os outros são importantes em sua vida. Só aprende a valorizar um bom parceiro, quem já teve a solidão como sua melhor amiga!  

Shalom

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Médico pode perder licença após receitar 'Jesus' a paciente


Um médico da família em Margate (Inglaterra) está sendo investigado após ter "receitado Jesus" a um paciente de 24 anos. A mãe do paciente levou o caso ao Conselho Médico Geral do Reino Unido, e Richard Scott pode perder a licença para exercer a medicina.

Segundo a imprensa britânica, quando a mãe perguntou ao jovem sobre a consulta, o paciente respondeu: "Ele disse apenas que preciso de Jesus". A mulher ficou furiosa e denunciou Richard. Segundo ela, o médico não atendeu o filho como profissional, mas sim como um pregador.



O paciente, descrito como "no cio e precisando de ajuda", foi criado em outra fé.

Richard, que tem 28 anos de profissão, defendeu-se, afirmando ter falado de religião apenas ao fim da consulta e com o consentimento do paciente. O médico disse estar sendo vítima de uma onda politicamente correta no Reino Unido que inibe que as pessoas exprimam sua fé no ambiente de trabalho.

"Em nenhum momento o paciente se mostrou ofendido ou que gostaria de interromper a conversa. Caso contrário, eu interromperia imediatamente a conversa", declarou Richard, que já foi missionário cristão.

O Conselho Médico Geral diz que toda consulta não deve ter qualquer conotação religiosa.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

D'US EXISTE!!!

Alemanha
Inicio do século 20
Durante uma conferência com vários universitários, um professor da Universidade de Berlim desafiou seus alunos com esta pergunta:
“Deus criou tudo o que existe?”
Um aluno respondeu valentemente:
“Sim, Ele criou.”
“Deus criou tudo?”
Perguntou novamente o professor.
“Sim senhor”, respondeu o jovem.
O professor respondeu,
“Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal? Pois o mal existe, e partindo do preceito de que nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau?”
O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, se regozijava de ter provado mais uma vez que a fé era um mito.
Outro estudante levantou a mão e disse:
“Posso fazer uma pergunta, professor?”
“Lógico.” Foi a resposta do professor.
O jovem ficou de pé e perguntou:
“Professor, o frio existe?”
“Que pergunta é essa? Lógico que existe, ou por acaso você nunca sentiu frio?”
O rapaz respondeu:
“De fato, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo ou objeto é susceptível de estudo quando possui ou transmite energia, o calor é o que faz com que este corpo tenha ou transmita energia.
O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Nós criamos essa definição para descrever como nos sentimos se não temos calor”
“E, existe a escuridão?”
Continuou o estudante.
O professor respondeu: “Existe.”
O estudante respondeu:
“Novamente comete um erro, senhor, a escuridão também não existe. A escuridão na realidade é a ausência de luz.
A luz pode-se estudar, a escuridão não!
Até existe o prisma de Nichols para decompor a luz branca nas várias cores de que está composta, com suas diferentes longitudes de ondas.
A escuridão não!
Um simples raio de luz atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz.
Como pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na quantidade de luz presente nesse espaço, não é assim?
Escuridão é uma definição que o homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz presente”
Finalmente, o jovem perguntou ao professor:
“Senhor, o mal existe?”
O professor respondeu:
“Claro que sim, lógico que existe, como disse desde o começo, vemos estupros, crimes e violência no mundo todo, essas coisas são do mal.”
E o estudante respondeu:
“O mal não existe, senhor, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência do bem, é o mesmo dos casos anteriores, o mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus.
Deus não criou o mal.
Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz.
O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações.
É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.”
Por volta dos anos 1900, este jovem foi aplaudido de pé, e o professor apenas balançou a cabeça permanecendo calado…
Imediatamente o diretor dirigiu-se àquele jovem e perguntou qual era seu nome?
E ele respondeu:
“ALBERT EINSTEIN.”

SHALOM

segunda-feira, 16 de maio de 2011

ANATOMIA DA ÁRVORE DA VIDA

csp3206287

A árvore da vida é emblemática.  Ela está lá com suas raízes
fortes ancorada na terra.  Suas raízes são como pernas grossas,
como tentáculos agarrando-se na realidade.  Firma sua presença
com profundidade na criação, deixa claro que está em comunhão
com a adamá.

Por outro lado, sua copa é densa, seus galhos  .
emaranham-se no ar, nos céus ascende seus ramos como mãos
que tocam o que está além.  Mas, esta árvore tem frutos, resultado
deste encontro, da comunhão entre céu e terra, representada por
sua estrutura anatômica.  Assim, a árvore da vida é o marco, o símbolo da proximidade da realidade
de Deus e dos homens, produzindo alimento, plenitude e vida.
A árvore da vida ensina que a vida só é possível quando céu e terra se encontram, quando Deus e
criação comungam, quando logos e práxis se beijam, quando culto e rotina se tornam uma coisa só.
A ilusão de um mundo dividido é efeito do não-espiritual: o pecado.  O pecado cria uma percepção
embaçada da realidade, pois não é uma percepção conciliadora e multidisciplinar, é reducionista e
fragmentada.  O pecado não promove encontro e comunhão, mas discórdia e ruptura; não estimula o
diálogo, mas o monólogo; e ao invés de constituir comunidades, funda-se ora no individualismo, ora
no coletivismo.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

OS HEROIS DE DAVID


(2 Sm 23,8-39) – 10Eis os heróis principais que esta­vam ao serviço de David e o ajuda­ram, com todo o Israel, a assegurar o seu domínio, a fim de o proclamar rei de Israel, segundo a palavra do Senhor. 11Eis o número dos heróis que estavam ao serviço de David: Jachobam, chefe dos três, filho de Hacmoni, brandiu a sua lança con­tra trezentos homens e abateu-os de uma só vez. 12Depois deste, Eleázar, filho de Dodo, o aoíta, um dos três heróis. 13Estava com David, em Pas-Damim, onde os filisteus se reuni­ram para o com­bate. Havia ali um campo de cevada e, quando o povo fugia diante dos filisteus, 14ele e os seus colocaram-se no meio do campo, defenderam-no e destroçaram os filis­teus. E o Senhor operou uma grande vitória.
15Três dos trinta capitães desce­ram à rocha da caverna de Adulam, onde estava David; os filisteus acam­param no vale dos refaítas. 16Ora Da­vid estava na caverna, e os filisteus tinham uma guarnição em Belém. 17David exprimiu este desejo: «Quem me dará de beber da água da cis­terna que está às portas de Belém?»
18Os três homens atra­vessaram o acam­pamento dos filis­teus e tira­ram a água da cisterna que está à porta de Belém. Leva­ram-na a David, mas David não a quis beber e fez dela uma oferta ao Senhor, dizendo: 19«Deus me livre de fazer tal coisa! Beberia eu o san­gue desses homens? Pois trou­xe­ram-ma com risco das suas vidas.» E não a quis beber. Eis o que fize­ram es­ses três valentes.
20Abisai, irmão de Joab, era o che­fe dos trinta; brandiu a sua lança contra trezentos homens, matou-os, mas não teve o nome entre os três. 21Era duplamente considerado entre os trinta e foi seu chefe, mas não se igualou aos três primeiros.
22Benaías, filho de Joiadá, homem valente e rico em façanhas, natural de Cabe­ciel, derrotou os dois heróis de Moab e desceu a matar um leão dentro da cisterna, num dia de neve. 23Ven­ceu também um egípcio de cinco côva­dos de altura, que tinha na mão uma lança semelhante a um rolo de tear. Atirou-se a ele com o cajado, ar­­ran­cou-lhe a lança das mãos e matou-o com a sua própria lança. 24Tudo isto fez Benaías, filho de Joiadá, e cele­brizou-se entre os trinta valen­tes. 25Era dos mais con­siderados entre eles, mas não se igua­lou aos três. Da­vid colocou-o à frente da sua guarda.
26No exército, os mais valentes eram: Asael, irmão de Joab; El-Ha­nan, filho de Dodo, de Belém; 27Cha­mot de Harod; Heles de Pélet; 28Ira, filho de Iqués, de Técua; Abié­zer de Anatot;29Sibecai o huchaíta; Ilai o aoíta; 30Maarai de Netofa; Hé­led, fi­lho de Baana, de Netofa; 31Itai, filho de Ribai de Guibeá, dos filhos de Ben­jamim; Benaías o piratonita; 32Hu­rai dos vales de Gaás; Abiel de Arabá; 33Azemávet de Baurim; Elia­ba o chaal­­bonita; 34Jassen o gunita; Jóna­tas, filho de Chagué, o hara­ri­ta; 35Aiam, filho de Sacar, o hara­rita; Elifal, filho de Ur; 36Héfer de Me­quera; Aías o pelonita; 37Hesron de Carmel; Naarai, filho de Ezbai; 38Joel, irmão de Natan; Mibear, filho de Hagri; 39Sélec o amonita; Naarai de Beerot, escudeiro de Joab, filho de Seruia; 40Ira, de Jéter; Gareb, de Jéter; 41Urias o hitita; Zabad, filho de Alai; 42Adina, filho de Chiza, filho de Rúben, chefe dos rubenitas e, com ele, outros trinta; 43Hanan, filho de Maacá; Josafat, de Matan; 44Uzias, de Astarot; Chama e Jeiel, filhos de Hotam, de Aroer; 45Jediael, filho de Chimeri; Joa seu irmão, o ticita; 46Eliel, o maavita; Jeribai e Josavias, filhos de Elnaam; Jitma o moabita; 47Eliel, Obed e Jaassiel, de Soba.

Shalom

AMÉM



Amém, além de ser traduzida como "Assim Seja" , "verdadeiramente", "Eu Acredito" , "Que Assim Seja" é a palavra amém tbm uma sigla. A palavra é composta de 3 letras em hebraico: אָמֵן Esta sigla sintetiza a frase "Deus, Rei, Fiel", que em hebraico se lê El Melech Neeman. Ou seja EMN, que pode ser escrita em hebraico com as mesmas letras de amém. Esta palavra é de força incalculável durante as orações judaicas, e é cobrada como parte essencial na resposta da comunidade durante o rito diário. A que eu mais me identifico é com esta sigla e mais Justo Capaz de Cumprir. Formulando: D'us é um Rei Justo e Fiel Capaz de Cumprir. Amém

Shalom

PECADO, PECADINHO, PECADÃO. SERÁ QUE ISSO PODE EXISTIR OU É TD IGUAL?


Todo mundo fala que “para Deus não existe pecadinho e pecadão”. Será que a voz do povo é a voz de Deus? Com muita certeza sabemos que não. Então vamos ver o que diz a Bíblia, a verdadeira voz de Deus?
Jesus fala para Pilatos e diz: “Quem me entregou a ti MAIOR pecado tem.” A Bíblia diz que: “Há pecados que são para a morte e há pecados que não são para morte.” Moisés guiado pelo Altíssimo ensinou que certos pecados requeriam uma pombinha e outros um touro. Sim, os livros de Moisés já demonstram uma distinção entre pecados pelo fato de alguns merecerem certos castigos e outros apedrejamento e morte.
Jesus demonstra que alguns pecados são comparados com moscas e outros, camelos. Dizimar do chazinho e cumprir certos detalhes da vida religiosa pode ser comparado como coar moscas. Deixar de usar da bondade, da justiça e da misericórdia, para Jesus, é engolir camelos.
Na parábola do Bom Samaritano, o levita e o sacerdote quem sabe estavam preocupados com seus compromissos religiosos ao passarem pelo homem atacado pelos ladrões sem o ajudar. Estavam coando mosquitos e engolindo camelo. O Bom Samaritano, que era da considerada religião pagã, corrupta e imunda pelos judeus, quem sabe errava em seus conceitos e doutrinas, mas não era capaz de engolir um camelo deixando de ajudar aquele homem. Provavelmente poderia estar até engolindo moscas, mas não engoliu camelo!
EGW diz em Caminho a Cristo, pág. 30: “Tanto pra Deus como para o homem há diferenças entre pecados” Para o homem a bebedeira é tido como um grande pecado, mas para Deus, o orgulho e o egoísmo são as piores ofensas.” Isso acontece porque são justamente os atributos que mais O contrariam, pois Ele é o Deus da dádiva, da bondade, da humildade, Ele é exatamente o contrário do orgulho e do egoísmo. Glorias ao Deus da bondade e da humildade? Sim, demos glórias!
Quando somos muito organizados, o que mais nos ofende  em alguém é a sua desorganização. Quando somos altruístas, a avareza de alguém nos arde os olhos. E Deus?  Deus é perfeito em tudo, portanto todo e qualquer pecado lhe ofende, mas os maiores pecados, aqueles de onde se originam todos os outros e certamente causam maiores danos, estes são mais ofensivos a Ele. Em Provérbios temos claramente isto repetidas vezes...  “seis coisas o Senhor detesta e a sétima seu coração abomina” lembra?
A glória de Deus vista por Moisés fez com que Ele declarasse a bondade, a paciencia e a misericordia de Deus. Entendemos então que a santidade de Deus é aquela repleta de atributos e virtudes santas, como a humildade, a misericordia, altruismo... . A santidade de Deus nos fulminaria porque ele enxergaria em nós os avessos à verdade, aos valores que ele possui. A nossa presença pecadora diante dEle causaria uma ira em Deus tamanha, e seríamos num instante reduzidos ao pó, só o sangue de Jesus pode nos apresentar diante do pai. Naquele sacrificio mora nossa justiça e salvaguarda. Em muita humildade devemos temer e tremer diante do altíssimo.
O estudo das dimensões de pecados é  importante porque temos visto na escala de valores do povo em geral e também entre o povo de Deus, uma verdadeira perdição na capacidade de avaliar culpas, ofensas e pecados.
Estamos cansados de ver gente fazendo tempestade de um copo de água e fazer de copos de água, tempestades. Temos coado mosquitos e engolido muitos camelos na vereda espiritual. Devemos então conhecer sobre esta questão, do contrário estaremos mais vulneráveis a repetir  a triste e repreendida historia dos fariseus. Queremos ser mais semelhantes a eles? É claro que não, queremos todos ser “mais semelhantes a Jesus” . continua

Shalom

domingo, 8 de maio de 2011

quinta-feira, 5 de maio de 2011

COMO SABER SE AMO A JESUS?



Para saber se amo a D'us realmente iremos consultar a palavra dEle e saber quais quisitos acompanham aqueles que o amam. No livro de joão cap 14:15 nós encontramos o Senhor Jesus a dizer : "aquele que me ama, guarda os meus mandamentos." A bíblia anotada de referência Dake lista 1050 mandamentos no novo testamento, os quais de acordo com este versículo deveriam ser guardados por aqueles que dizem amar o messias Jesus. Quando eu não sou levado a viver minha vida de acordo com seus preceitos e ordenanças , eu estou declarando para Ele que amo o seu sacrifício, seu sofrimento em meu lugar, pois Ele mesmo me diz que se eu o amo guardo os seus mandamentos. Em 1jo 5 João diz: 1 Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é o nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou, ama também ao que dele é nascido.
2 Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, se amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos.
3 Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são penosos;
em 1joão cap 2 está assim escrito:
3E nisto sabemos que o conhecemos; se guardamos os seus mandamentos.
4 Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade;
5 mas qualquer que guarda a sua palavra, nele realmente se tem aperfeiçoado o amor de Deus. E nisto sabemos que estamos nele;
6 aquele que diz estar nele, também deve andar como ele andou.

7 Amados, não vos escrevo mandamento novo, mas um mandamento antigo, que tendes desde o princípio. Este mandamento antigo é a palavra que ouvistes.
8 Contudo é um novo mandamento que vos escrevo, o qual é verdadeiro nele e em vós; porque as trevas vão passando, e já brilha a verdadeira luz.
9 Aquele que diz estar na luz, e odeia a seu irmão, até agora está nas trevas.
10 Aquele que ama a seu irmão permanece na luz, e nele não há tropeço.
11 Mas aquele que odeia a seu irmão está nas trevas, e anda nas trevas, e não sabe para onde vai; porque as trevas lhe cegaram os olhos.
cap 4
17 Nisto é aperfeiçoado em nós o amor, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos também nós neste mundo.
18 No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo envolve castigo; e quem tem medo não está aperfeiçoado no amor.
19 Nós amamos, porque ele nos amou primeiro.
20 Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, não pode amar a Deus, a quem não viu.
21 E dele temos este mandamento, que quem ama a Deus ame também a seu irmão.
PENSEI QUE AMAR A JESUS FOSSE MAIS FACIL.


Preste a atenção na letra desta musica da Heloisa Rosa, que fala de um lugar guardado para os filhos de D'us , aqueles que amam o Senhor.



 12 vídeos 
534637 
   




Shalom